sexta-feira, 6 de março de 2009

OTIMISMO

eu não acredito na dor
e muito menos em cara fechada.
prefiro dar crédito ao amor
e a todos os contos de fada.

6 comentários:

  1. Oi amigo poeta! Ficou bem legal isso... Utópico, como os contos de fada mesmo, mas legal. E eu, como não sou boba nem nada, queria algo até melhor que os contos de fada. Queria um amor "mais fácil", um que eu não precisasse passar poucas e boas antes do "E elas foram felizes para sempre". E, de preferência, que não parasse por aí, que eu soubesse ao menos razoavelmente o final antes de decidir se quero ser atriz principal ou só fazer uma ponta de figurante no curta, rs. Um beijo e obrigada pelas caronas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita a sua observação sobre um amor "mais fácil", Juliana. Eu me diverti! Obrigado! E volte sempre.

      P.S. Acho que deu para notar que só agora eu descobri que é possível responder os comentários, né? (risos) Desculpe a incrível demora.

      Excluir
  2. É a tua cara, Fá. (rs)
    Se tivesse que te descrever com um verso esse seria perfeito...

    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Fábio!
      Abraços.

      P.S. Acho que deu para notar que só agora eu descobri que é possível responder os comentários, né? (risos) Desculpe a incrível demora.

      Excluir
  3. Espero viver contos de fada SEMPRE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também. Vivamos, então. =)

      Excluir