quinta-feira, 6 de março de 2008

ESCAMBO

a minh'alma desesperada canta e chora ao mesmo tempo,
como uma Oxum se mostrando aos homens,
mas sem alegria alguma... nem tristeza...
sinto uma ânsia para dizer e mostrar certas coisas,
assim como um desejo de tomar o rumo certo,
misturado a confusão de não saber ao certo...
algumas palavras engasgam em minha garganta,
feito espinha de peixe que a gente engole sem querer
e não consegue por prá fora... e enquanto tenta,
rasga, corta, machuca, até sair junto a um pouco de sangue.
troco esse pouco de sangue por um punhado de paz...

2 comentários:

  1. Vc é phoda!!! (no bom sentindo...rsrs)

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você é suspeito. Mas obrigado, Fá!
      Beijos!

      Excluir